Imagine eu...

segurando entre os dedos seus delicados fios,
respirando seu cheiro
minha boca e seu gosto
os corpos muito próximos sem tocar-se,
em ebulição...
descobrindo-te parte
por parte.