'13 sonos de hora, e 1 dia'

O cansaço é diário
horas poucas e mal dormidas
pesando sobre este corpo
feito de sonhos e aço
mitigando o que é passível de morte...
morto. 
Tanto incomoda que já não dói
aquele cansaço acostumado
às suas doses, viciou, já faz parte


O cansaço é próprio do dia...

A noite os sonhos acordam
vem inflar a vida, plenos em si
Aviva em tons o infinito
silêncios próprios da escuridão
Cega, que pacifica a mente
e põe o corpo a dormir

A sequencia da vida é um relógio
que zera quando o tempo cansa de ir
o limite alcança o porvir
o dia vira noite
traz consigo tudo de novo...

Boa noite. É outono

Madrugada.

Acordei, entre tuas pesadas pernas
que me aquecem
não satisfeita carne,
mantém aceso o amor
tão somente,
preso por ser livre
cor de céu das minhas profundezas
pura beleza
me esquenta o eterno
nas externas estações
enquanto existe é terno
dentro, o tempo é sempre verão
tropical, o signo das águas evita as chamas
do ardor que incessante, queima-me