Sob o sol de outono

A borboleta pousa suas cores vívidas
sobre um ninho ainda fresco
de cantores passarinhos
e descansa sua beleza
sobre a sombra fresca
entre folhas e espaços.
Borboletas só querem a felicidade dos voos...
borboletas só sabem voar e pousar...

5 comentarios:

  1. Creio eu que a borboleta
    Muito mais ações cometa
    Afinal tanto é incompleta
    Que nunca lhe serve a reta
    Ganha mais com o sinuoso
    Daí vez ou outra fazer pouso
    Mesmo se logo há que voar
    Afinal como se deixar ficar
    Se há tanto mar
    Tanto espaço
    Tanto traço
    Seria erro crasso
    Não borboletear...

    ResponderEliminar
  2. A borboleta é como a felicidade: quando menos esperamos, pousa em nós.

    beijos

    ResponderEliminar
  3. 'só saber' é metáfora bem sucedida, valendo-se mais do saber real entre pousos e decolagens delas!

    rs

    ResponderEliminar
  4. mas elas sabem.
    nós, que nada sabemos...

    ResponderEliminar
  5. se nada sabemos,
    somos, ao menos,
    plateia...
    satisfeitos em ver cores
    por todos os lados

    ResponderEliminar

Grafe as asas de suas idéias...