Projeção de semente

Jáh, a sua benção...

Sou grata em fazer parte da criação
um pingo à luz do infinito

Reconheço o horizonte por sê-lo
em curva longilínea da visão

Desatino a hora pra alcançar os céus
partindo das raízes
No alicerce renasço
vivo dos sais da terra úmida

Viso vértice que me instiga a subir
sair do mundo pequeno à amplidão
Trazendo defeitos exagerados
sorrisos, sustos, soluços, inquietude, inconstancia
uma infinidade a mais
que estes são meus, não tem outro jeito
tomara! perdendo alguns medos
nó atado em vontades verdadeiras da alma

E derramado de paixão o meu coração

Sou prisioneiro da vida, do que ela dá e do que tira
acenando cada vez distante para o caos
é meu pedido Jáh jáh!
O caos suga a própria vida
desordem que me expulsa
me expulso.

Pressuponho fazer inacabável obra
gostosa leitura ao sabor doce das frutas
e o paradoxo azedume do limão.


Despreze toda limitação que ultrapasse a prisão

A dor é o preço
O sofrimento ensina o caminho da coragem

........

.Não comente, releia, repense.

3 comentarios:

  1. "O sofrimento ensina o caminho da coragem"

    Preciso, mais que nunca, mentalizar essas palavras...

    =)

    ResponderEliminar
  2. Ah! Aproveitando... Vim te convidar pra participar do Amigo Poético do B7C! Tá afim?

    http://blogdesete.blogspot.com/2009/12/amigo-poetico-ano-2.html

    Participa, vai... =)

    =*

    ResponderEliminar
  3. Pow, impossível não comentaar!!
    Aliás, impossível não gostar de teu blog!
    Yeaaaaah \o/
    Curtii reggaee!uhuhuu!
    Adorei, vou segui-la e consequentemente estarei sempre por aki, boas vibrações pra ti!
    Abraço.

    ResponderEliminar

Grafe as asas de suas idéias...