Tudo

“Tudo na vida tem um começo, um meio, e um fim. O amor também tem um começo, um meio e um fim’. O amor é e sempre será algo independente da nossa vontade autoritária. O negócio, então, é fruí-lo enquanto dura, depois esquecê-lo quando acabar, saber ficar curtindo a solidão porque, quando ele quiser e a gente permitir, então ele volta de um outro jeito, com um outro gosto, tão diferente, mas tão belo sempre. A melhor coisa da vida, para mim é, sem duvida, entregar-se e nunca tentar desvendar esse mistério do amor”.

(Roberto Freire)

!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


O cara disse tudo!
E agora?
É viver e permitir livremente a passagem do amor, uma dádiva.


Minha nossa! Estou TÃO comunicativa hoje! rs...
Um buracão sem tamanho.oco.solidão.

Ecos

Lá vou eu rasgar e amassar papel
.silênco.ssshhhhhhhhh.


ssshhhhhhhh

.

2 comentarios:

  1. amassando,rasgando até que dá certo...bolinhas de papel,picados e de repente um "origame"

    ResponderEliminar
  2. Voltaste?

    estou repaginada também!rs

    beijos

    ResponderEliminar

Grafe as asas de suas idéias...