De parafusos e cegos

A vida,
me disse uma vez um certo José,
-com jeitos de mago-
é um parafuso de passo finíssimo,
basta um aperto mínimo
e pronto: está feito o estrago.

A vida é um parafuso de passo muito fino
(e eu acredito).
Assim fácil o fio se lhe rompe
e o curso se torna infinito


De Moacir, poeta em tempo integral que expõe no blogdesete.blogspot.com

1 comentario:

  1. e eu gosto dessa vida feito prego - parafuso, quanto mais aperta, mais fundo chega, mais fundo toca....


    beijos enormes

    ResponderEliminar

Grafe as asas de suas idéias...