Inconstante transbordar in-verso ( A cor morena )

Impulsos
Repentes
Mistura e interpretação
Sente a flor da pele
Tua escrita nua
Crua e proposital
Lasca de fogo que a água acalma.


Lírio
Ouve as vozes tantas
Vindas de todo lugar
Verbo feminino
Ela é todo olhar
A preencher vazios
Em cantos e ecos existenciais

Frágil
Pura e líquida
Por vezes sofrida
Em outras, correnteza forte de rio,
Traz consigo as energias
As intensifica
Ab-sorve a vida e a transborda

4 comentarios:

  1. Curioso, teu escrito-presente pra Aline... Tem mais a cara de outra Cabeça, a Mary... =P

    Ainda assim, é maravilhoso! =)

    ResponderEliminar
  2. Da força é que conseguimos avançar sempre e cada vez mais. Não esmoreça.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
  3. Disfarça! Eu me enganei! =?

    Mas, se eu tivesse que adivinhar pra quem era... Já era. =P

    Alhi vai adorar, com certeza!

    =*

    ResponderEliminar
  4. você é MAGA-inífica com as palavras!

    ResponderEliminar

Grafe as asas de suas idéias...