Amanhece

Enquanto isso,
Cinzas
O sol amanhece
Desperta o dia
Levanta o corpo
Devagar, um pouco até chegar
Chegar??
O barulho d'água
Gelada, disfarça olheiras
Limpa o suor e lava a sujeira
Da noite passada - A limpo


Acorda no espelho
Espelho que há
Cruza o chão
Dentro do mesmo quadrado
Polígonos traçados
Ao passo que os olhos
Num relance movimento da face
Percebem-se no alto,
Cristalizados
Não andaram estes olhos
Eles apenas olharam
Da estante
O caminho diário. Rotina
Entende o que é
Perceber-se em pé?
Frente a frente
Ver-se
Os olhos nem piscam
Desacreditam e firmes, choram
A mente acompanha
Senta e resenha
Procura um fio
...continuação...
Não há
Gira em 330°
A teia num canto esquecida
Rouba da aranha
Seu trabalho tecido
Estica-sê-aranha
Desce desta noite insônia
E arte, linha
Constrói outro dia
E com uma agulha
Costura outra história



Com vistas para o mar...

°°°

Façamos nossas escolhas
E suas conseqüentes ruas

°°°
Cuide do seu jardim

Tum-tum Tum-tum

Pobres palavras
Frases sem efeito
Mundo feito de um coração

Morte e vida

Quando o impulso é desistir
Algo desconhecido chega
Sopra outro vento
Faz a vida,
De novo
Ri e chora
Celebra e louva
Agradece
E faz sua prece

Ela

Sem dar ouvidos, sentiu...


Ela acordou
Vibrante, um peito imenso
O músculo cor de sangue quente
Ele disparou, inconstante
Ao encontro da negra cor


Sua espera acabou
Pacto
A boca entreaberta bradou
Ela quer sem poesia
Ria
Afirmam seus braços abertos
Chova, que ela tem calor
Lábios finos falam ao pôr do sol
De quase vermelhos anoitecem
Beija! E ela sorri
Traga um novo som
O corpo balança e conduz a atenção


E quer mais
Quer vôos loucos
Novas viagens, beijos no escuro
Bombeia sua corrente
O desejo de uma gente livre
Que acredita em ser feliz

Ela quer sonhos e amores
Escuta o não
Escolhe seu sim

Sua, dela
Ela...

O revelar da imensidão

Companhia alheia
Prosa distraída

Goles invertidos
Longe de outros instantes

Tortuosos
Pontos descosturados
Continua o querer frustrado

A paciência foi-se
Andou

O diálogo
Ficou
Na janela dos dedos
Sambou

O silêncio
Ecoou

E tão distante não se ouviu


Vozes entaladas
Timbres na garganta
Ditos para dentro

Do infinito
Palavras descritas
Livro inteiro
Da vida
Na íris do olhar
Mudo

A passos lentos
Desconsertados

Versos
Vindos das sensações
Vide o verso das palavras
Intenções