Esta cor

Fora é o lugar onde eu quero estar se o calor não há
Dentro mora a cor. O que mata é também o que dá a vida
Pulsa e pára.

Pulsa
Pára
Pulsa



Pulsa
Este novo lugar eu já conheço, visitei
Ou o lugar me visitou?!
O mesmo lugar em mim, outro lugar, enfim...
Estive aqui e voltei, moro em seu lugar
Durmo em seu peito largo, seus 'quase cachos' emaranhados
Despetala o inacabável, flora rica meu tesouro
Cada pétala um instante, sorriso
O encontro do olhar, um grito
Eu vivo o infinito, todo lugar, lugar nenhum
Dentro da cor azul

1 comentario:

Grafe as asas de suas idéias...