A íris

Quero criar a expansão para o universo
Ávido por diversidade
Quero a condição para minha evolução

Quero inventar meu estilo
E que ninguém ‘grile’ comigo
Quero saber quem sou, e apenas isto!

Quero o infinito para pousar
Asas e anjos querem descansar
Quero mais do que tenho, é tempo

Quero falar, pelos cotovelos até a língua secar
Merecido silêncio, no átrio do meu espírito
Quero escolher, simplesmente!

Quero o querer, sem podar arestas
Agregar o que eu bem entender
Quero não ter que ter razão

Quero intensas verdades
Embrulhadas com a transparência
Quero meus sonhos vividos

Quero os verdadeiros amigos
É para amar que eu vivo, olhos coloridos
Quero cuidar dos meus filhos...

3 comentarios:

  1. "Quero não ter que ter razão":



    que lindo isso!


    Abraços, flores, estrelas..

    ResponderEliminar
  2. Me amarrei, disse tudo aí, você é uma figura!

    AQL BJ ;)

    sua amiga JUB

    ResponderEliminar
  3. "oh,bruta flor do querer..."

    querer,querer,quer se pode ter com tanto querer...

    ResponderEliminar

Grafe as asas de suas idéias...