Desencapada

Ou será o universo fazendo valer o seu poder?
A cabeça fervilhando aguçada, os olhos inquietos
Quebra-cabeças, matéria difícil, leitura incompleta
No mar, gotas desconhecidas
Mistério da vida

Simples, vento sem poeira, espelho e sua imagem
Quem sou eu, quem é você? Eu leio para aprender
Me rasgo num processo indolor, sem limites
E reinvento se preciso for, libertar o pensamento
Mastigar o desconhecido

Ou será sua existência, ensinando-me a viver!
Desmoronando as muralhas de uma era antiga, distante
Exorcizando fantasmas, que correm de nós assustados!
Me despir dos medos é fortalecer meus pilares
Expandir meus ares

Complexo, cavidade funda, caminho estreito, afiado
E grão, me entrego ao plexo de ser seu par, eu digo sim!
Me banho em águas para sorver seu encanto de fogo
Tomo posse do meu mundo e me torno um oceano
Vida de fundo do mar

5 comentarios:

  1. Este comentario ha sido eliminado por un administrador del blog.

    ResponderEliminar
  2. iaê nega!
    Veio na babi e naum t vi, isso naum vale!
    Quando volta, pow fico na saudade relembrando
    noites em claro acordando a cidade
    gargalhando altas horas.
    Diversão total... precisamos nos ver.

    Massa o blog, me amarro no seu jeito de escrever.
    Tua vibe é única pretah, venha logo!
    Beijos e abraços gata

    Saudade mta

    ResponderEliminar
  3. Cami, é vc mulher?!! Uhuuhuuuuu
    Fui num pé e voltei noutro, não tive tempo...
    não sei quando volto, e claro que quero te ver
    abraçar e rir horrores, nosso modelo...
    Ta convidada a visitar minha terrinha, minha ksa!

    Obrigada, mt!

    Preta, saudade...
    beijos e abraços

    ResponderEliminar
  4. Este comentario ha sido eliminado por el autor.

    ResponderEliminar
  5. Primaaaaaa!!!! saudades de vc mulher!!!
    Por aqui está tudo bem, trabalhando muito, amando muito... enfim, to muito feliz. Muita saudade de ti, e das nossas farras!!!
    Fica em PAZ!!!
    Adoro vc muito, viu?
    Visita meu blog tb, www.tatiedario.blogspot.com
    Bjao

    ResponderEliminar

Grafe as asas de suas idéias...